As bicicletas do amigão

00:00 Amigao 9 Comments

O governador do Rio Sérgio Cabral anunciou na segunda-feira (19/07) em Paris, na França, onde estava em viagem oficial, o lançamento de um programa de bicicletas públicas ligando pontos das cidades fluminenses. O projeto piloto será feito primeiramente em Niterói, na Região Metropolitana, com cem bicicletas.
Essa primeira etapa pretende fazer a ligação da estação das barcas, no Centro de Niterói, até o prédio da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Bairro de São Domingos. O trajeto tem cerca de dois quilômetros.


Inspiração em projeto parisiense



Cabral se inspirou na experiência francesa, onde o programa público de ciclovias é conhecido como Velib. O governador está (estava) em Paris para atrair novos investimentos para o estado.
“Desde junho existe em Paris um sistema muito legal de aluguel de bicicletas. Informatizado, permite que você pegue uma bike por meia hora (grátis), algumas horas ou o dia inteiro, ou ainda faça uma assinatura de até um ano, esta por 13 euros. Os estacionamentos de “vélos” existem em toda parte e são geridos eletronicamente. Quer dizer, você não aluga “uma” bicicleta – você se associa a um serviço. Com o cartão, desbloqueia a magrela disponível e circula até onde quiser; depois a deposita em outro lugar e isso é registrado. Quem é usuário de metrô ou ônibus (ou seja, todo mundo) pode incluir a bicicleta em sua carta de assinante. O veículo se integra assim à rede de circulação de Paris – e a torna mais humana. Conversei com muitas pessoas, todas entusiasmadas com o serviço. Com exceção dos taxistas (pelo menos aqueles com quem falei) que são contra por entenderem que as bicicletas atrapalham o tráfego.” Vi no blog do Luiz Zanin (http://blog.estadao.com.br/blog/zanin/) No Jornal OESP.

Pesquisando na net sobre bicicletas cheguei na desciclopédia


"A bicicleta é um veículo motorizado de duas rotas no qual o motor normalmente é movido pelo combustível chamado feijão, com um burro ciclista de potência e que polui em menor volume do que motorizados convencionais como carro, ônibus ou até mesmo carroças além de não deixar estrume no chão onde passa, a não ser que você, por não saber andar caia.
A bicicleta foi inventada no século XIX na Europa com o objetivo de fazer com que as pessoas não tivessem o contato direto com o chão enquanto caminhavam e, com isto não contraíssem a Peste Negra que estava por todos os lados nesta época, menos nas bicicletas.
Atualmente a bicicleta está sendo empregada em diversas funções com destaque para a bicicleta-bomba, assalto sobre bicicletas, entrega de pizzas e, na falta de um local mais adequado, para o sexo"

O ciclismo evoluiu com o passar dos anos e não serve apenas para levar o tiozão ou tiazona pelas calçadas de Copacabana e já existem vários tipos e modelos como estes que encontrei.Os preços são os melhores possíveis.


Bicicleta Elétrica



A Giant Twist Freedom DX é uma bicicleta que combina a força de quem está pedalando com um motor elétrico. É capaz de rodar 120 kms com apenas 1 carga na bateria. Não é barata - sai por USD 2 mil. O motor funciona em 3 modos diferentes - normal, esporte e ecológico.



Bicicleta para mães



Essa é uma bicicleta para pais. É modular então permite levar até 2 crianças no compartimento da frente e, quando chegar ao local de destino, transformar a bike num carrinho. Se quiser passear sem as crianças, é só colocar uma das rodas do carrinho na frente da bike. Chama-se Zigo e custa USD 995

Bicicleta de papelão



Phil Bridge, estudante de design na Inglaterra, criou uma bicicleta de papelão, o mesmo material usado em embalagens industriais. Diz que o modelo sustenta pessoas de até 76 kg. A bike ainda está em protótipo e está sendo aperfeiçoada. A ideia de Bridge surgiu após uma pesquisa sobre os motivos pelos quais as pessoas não usam tanto as bicicletas nas cidades - o custo alto. O modelo projetado por ele deve ser concluído com custo de USD 24.

Bicicleta que anda de tênis


Walking Bike é uma bicicleta cujas rodas foram substituídas por 'pés' calçados com tênis.

Tem uma roda na frente e quatro atrás




StreetSurfer é uma bicicleta de 5 rodas - uma de tamanho normal atrás e 4 pequenas na frente. A modificação permite fazer curvas mais acentuadas. Está disponível apenas na Australia, onde foi inventada e custa o equivalente a U$ 960.

7 pessoas pedalando um triciclo numa reunião de trabalho



Se a desculpa para não fazer atividade física é o excesso de trabalho e as longas reuniões, compre uma Conference Bike
É um triciclo pedalado por 7 pessoas sentadas em circulo. Uma delas conduz o passeio assumindo o volante. Foi criada pelo inventor e artista Eric Staller. Além de divertir, serve também para promover a integração e o trabalho em equipe
Não é uma bicicleta, já foi. É uma poltrona feita de peças de bike, recicladas ou novas. Batizada Tour de France Logunge Chair, custa USD 940


Comunidade no orkut


Bicicletas Machucam


"Comunidade para aqueles que gostam de andar de bike mas que já se machucaram e realmente acreditam que BICICLETAS MACHUCAM!Se você simplesmente sai pra comprar um pão e volta sangrando.. ou se vai na casa de um amigo e chega mancando.. isso aqui também é pra você!Adoramos bicicletas.. mas de vez em quando elas não gostam muito da gnt!!"




Como podem ver, é um assunto inesgotável e passaríamos o dia inteiro falando sobre as magrelas.Quem sabe volto a postar sobre o assunto.

9 comentários:

  1. Eu me considero um bom ciclista, mas confesso, numa cidade com ruas em subida como a minha, infelizmente a idéia não vingaria.
    Chegar suando em bicas no trabalho realmente é algo fora de total cogitação. No inerno a média de temperatura é de 20 graus. Média, contando com os 12 da madrugada e os quase 30 às 3 da tarde.

    ResponderExcluir
  2. Amooo bicicleta, pedalar é maravilhoso. Principalemnte pedalar a beira mar... hum que delicia!! A leveza dos pedais nos levam em outra dimensão, a brisa no rosto, isso é liberdade!!
    Vou participar dessa comunidade, com certeza eu preciso... rsrs
    Beijooos

    ResponderExcluir
  3. Rodas de bicicletas substituidas por pares de tênis... 0_o

    ResponderExcluir
  4. Depois dessa, fiquei com um pouco de medo das bicicletas...
    Elas "maxucam" muito!

    ResponderExcluir
  5. A informação da relação entre a bicicleta e a peste é coisa nova pra mim...
    Valeu pelas informações

    ResponderExcluir
  6. Nossa eu amo passear de bike, mas só se for daquelas sem cano no meio!
    Já me machuquei muito com essas minhas pernas curtas!
    Tanta pancada já dei onde não devia! Credo!
    Adorei amigão.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tbém adoro andar de bike, apesar de estar de mal com ela há algum tempo (ou por falta deste)

    Gostei muito do carrinho-bike, muito prático, não???
    O problema do projeto das bikes no Rio vai ser se a negada começara roubá-las pra vender as peças... O.o

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. ah eu queria tanto uma bicicleta!!
    Imagina que maximo sair de nikity city e ficar com as pernoconas sem gastar uma baba de dinheiro e tempo dentro dos onibus??

    Tomara que seja de verdade!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu acho... que a bike de tênis alcança uns 40Km/h fácil fácil

    ResponderExcluir